jump to navigation

Mary R. G. Esperandio

Sou Psicóloga e Doutora em Teologia pela EST/IEPG – Escola Superior de Teologia/Instituto Ecumênico de Pós-Graduação. Gosto do trabalho da Clínica e também tenho grande interesse na área da Psicologia da Religião. Trabalho com as disciplinas “Psicologia da Religião” e “Cuidado e Aconselhamento Pastoral”, na PUC-PR, onde  estou desenvolvendo pesquisas em Subjetividade Contemporânea e Religiosidade, no Programa de Pós Graduação, Mestrado em Teologia.

Além da PUC, reservo algumas horas para atendimento clínico (consultório particular) e ainda para um trabalho junto à “Vale  do Sol – Comunidade Terapêutica para Tratamento da Dependência Química”, em Morretes.  Penso que meu trabalho acadêmico é enriquecido  pela minha prática clínica.

A criação desse blog visa, sobretudo, fomentar o debate em Psicologia da Religião; disponibilizar textos relevantes para o debate sobre esse tema; criar uma rede de pessoas ligadas ao estudo e pesquisa nessa área; divulgar pesquisas e eventos, enfim, o principal objetivo é que seja um espaço que potencialize a criação, sobretudo, através do trabalho da multidão. A noção de multidão, criada por Negri, não diz respeito ao encontro de “identidades ou individualidades, nem de exaltação de diferença, mas sim, um conjunto de singularidades cooperantes que se apresentam como uma rede, uma network, um conjunto que define as singularidades em suas relações umas com as outras” (Negri, 2005, online). Neste sentido, minha esperança é a de que as pessoas que venham a se utilizar desse espaço sejam motivadas à construção de um trabalho em comum. Acredito que por trás das identidades e das diferenças pode existir “algo comum” entre as singularidades, algo com o qual se possa trabalhar em cooperação para a construção criativa de um outro modo de ser e de viver que rompa com o modo individualizante que predomina na sociedade contemporânea. Assim, o espaço desse blog é para ser seu também.

Meu currículo pode ser acessado aqui

Mary

Comentários»

1. IRENE aLENCAR - setembro 5, 2007

OI
Estou dando uma passadinha aqui, mas ainda estou digerindo, rsrsrsrsrsrsrsrsr

Bjs
Irene

2. psicologiadareligiao - setembro 5, 2007

Oi, Irene,

Que legal que vc veio! É.., realmente tem muita coisa pra “digerir”… Aproveite! Um abração de sobremesa, tá bom?

3. Mariana - setembro 6, 2007

Professora, adorei seu blog!

4. Mariana - setembro 6, 2007

Oi, professora! Adorei seu blog!

5. psicologiadareligiao - setembro 6, 2007

Bom que vc gostou, Mariana! Aproveite! O espaço é nosso!

6. Samuel Esperandio - setembro 6, 2007

Querida Mary:

Seu blog está cada vez mais rico em conteúdo relevante.
Parabéns!

7. psicologiadareligiao - setembro 6, 2007

Obrigada, Samuel. O esforço tem sido este mesmo: o de buscar, com o trabalho da “multidão” enriquecer o debate e a produção em torno do tema Psicologia da Religião.
Abraço,
mary

8. Zaira - setembro 6, 2007

Oi Professora!

Relembrando o que disse ontem em sala de aula me achei meio grossa. Se a sra. também percebeu assim me desculpe.Acredito que com a leitura dos resumos dos grupos, poderemos participar de forma mais significativa nas aulas.
Um grande abraço!

Zaira

9. psicologiadareligiao - setembro 7, 2007

Zaira,
Sua sugestão para os/as colegas, a respeito da disponibilização dos resumos com antecedência, foi ótima! Vc não foi nem um pouco grossa na forma de falar… Tire isso da cabeça, querida!

10. Adriane - setembro 13, 2007

Olá Profe!
Bem legal mesmo, parabéns! e obrigada por se importar conosco.

11. psicologiadareligiao - setembro 13, 2007

Oi, Adri,
Que legal que vc apareceu! Claro que me importo com meus alunos e minhas alunas! Estamos tendo agora o privilégio de compartilhar o mesmo espaço-tempo de nossas vidas, e meu desejo é que seja um tempo significativo pra todos/as nós. Um abraço pra ti.

12. Marcelo Saldanha - setembro 14, 2007

Estou muito feliz com esse espaço que criaste. Está sendo tão bom que lendo os textos sinto-me novamente nas aulas de teologia contemporânea.
Espero que mais professores e teólogos possam explorar as mídias on-line e engrossar esse mutirão.

Um abraço

13. psicologiadareligiao - setembro 14, 2007

Querido Marcelo,
A internet possibilita essa compressâo do espaço, nâo é? Encurta as distâncias e a gente se sente mais perto… Pois é, nem parece que estamos separados por 800 Km! Que bom que vc tem usado e gostado desse espaço aqui – que é nosso! Vamos, sim, construindo a multidâo nesse processo.
Um abraço grande
Mary

14. Regina Coeli Freitas dos Santos - setembro 14, 2007

Mary, parabéns pela iniciativa do blog.
Enquanto lia a indicação feita sobre transtornos em… associei aos Funcionários de Deus.
Lá Drewermann(??) aponta o modo de organização institucional da religiosidade católica como um vetor!. Ele trata – nesse livro – justo das “pirações” dos/as religiosos/as em várias dimensões. Quando li adorei e fiquei chocada ao memso tempo. Foi muito espelho!
Abraços da RE

15. psicologiadareligiao - setembro 14, 2007

Oi, Re, obrigada pelos cumprimentos. Obrigada, também, pelo comentário do post sobre a prevalência dos transtornos mentais em ministros religiosos. Sua referência ao estudo de Drewermann, “Funcionários de Deus”, é ótima e muito bem lembrada. Freud tinha razão em dizer que a massa carece de líderes e os deseja.Infelizmente, porém, muitos líderes (religiosos ou não) fazem um uso “triste” do poder do qual são investidos desde o lugar que ocupam. Digo “triste” pensando na idéia spinoziana das “paixões tristes” – que não afirmam a vida nem os processos de criação.
Mais que nunca, a sociedade contemporânea carece de líderes – religiosos, políticos, etc, que sejam sábios e lúcidos no exercício do poder. Costumamos pensar em Auschwitz apenas como parte da história da humanidade… mas tenho a impressão de que se trata, na verdade, de algo muito próximo, que se encontra no nosso cotidiano mesmo, em forma de miniaturas (pequenas auschwitz), mais silenciosas porque pequenas, mas são vetores de força também funestos, nocivos e perversos.
Aproveito para pedir um favor: Por que não faz uma resenha do “Funcionários de Deus” para colocar aqui no blog? Seria uma contribuição muito valiosa, interessante, necessária! Podemos aguardar por ela?
Abraços,
Mary

16. Daniel L. de Camargo - setembro 14, 2007

Professora Mary:

Parabéns pelo blog. Você fez despertar, em nós, alunos da FTBP, em mim, em especial, um interesse, talvez adormecido, pela Psicologia da Religião. A importância do assunto para aqueles que estudam Teologia me leva a concluir que esta disciplina deveria ter uma carga horária no mínino em dobro. Pena que nos foi ofertada somente no último semestre, período difícil, de acúmulo de monografias, de cansaço generalizado.

Daniel L. de Camargo

17. psicologiadareligiao - setembro 14, 2007

Daniel,
Muito me alegra saber que o interesse em Psicologia da Religião foi despertado nos/as alunos/as a partir das nossas aulas. Que bom que vc percebe a importância e necessidade do estudo dessa disciplina na formação de teólogos e teólogas. Concordo contigo que é uma pena que a carga horária seja tão pequena e já no final do semestre do curso, quando há tantas outras coisas pra dar conta! Mas quando o interesse existe, a busca pelo estudo já nâo vai mais se limitar ao espaço-tempo da sala de aula… Siga estudando sobre o assunto… é fascinante e imprescindível.
Abraço,
Mary

18. Claudinho - setembro 14, 2007

Também não acredito em coincidências. Como apareceu em meu navegador de tags pela palavra chave FÉ – resolvi enviar uma mensagem, pois achei muito interessante seu blog – me remetendo a uma previsão de que a ciência um dia se unirá com a religião. Espero que tenha muito sucesso e participação no processo contínuo de conhecimento dos “desconhecimentos humanos” !

19. psicologiadareligiao - setembro 15, 2007

Oi, Claudinho,
Obrigada pela visita e pelos bons desejos… Pois é… as aparentes coincidências nos trazem, na maioria das vezes, interessantes supresas. Desejo sucesso pra ti também, nos seus estudos, formação e buscas espirituais.
Abraço,
Mary

20. Mariana - setembro 17, 2007

Profi, postei umas dúvidas no texto “Ainda sobre Pesquisa em Psicologia da Religião”, de 01/09/07…

Vou aguardar ansiosamente suas respostas.

Obrigada!
Mariana

21. Gustavo Vieira - setembro 17, 2007

Oi professora Mary,

Parabéns pelo blog! Com poucas semanas, já tem muito conteúdo.
Bem interessantes também os eventos de extensão da EST que divulgou… interessei-me muito pelo Simpósio de Aconselhamento Pastoral.

Boa semana

Obrigada, Gustavo. Boa semana pra ti tb.
Mary

22. Aline Maier - setembro 17, 2007

Nooooooossa, q blog maravilhoso !

Tô vendo que vou adorar ler as matérias !

Bjao

23. psicologiadareligiao - setembro 17, 2007

Oi, Aline,

Que maravilhoso o som da sua frase aos meus ouvidos! Adorei!
Fico feliz que vc tenha gostado… espero que o blog seja útil pra ti.
Abraço,
Mary

24. Vanderlei Alberto Schach - outubro 13, 2007

Olá, Mary,
ótimo o seu trabalho. Temos muito que aprender.
Que Deus continue abençoando.

25. psicologiadareligiao - outubro 13, 2007

Obrigada, Vanderlei. Todos nós temos muito aprender sempre!

26. André Egg - novembro 1, 2007

Belo blog. Conteúdo muito relevante e construtivo. Estou tentando acompanhar, com certa defasagem pois já peguei o “bonde andando”. Aos poucos vou tentando entrar com comentários se eu achar que possa contribuir com alguma coisa.
É muito bom quando pessoas de alto nível acadêmico se dispõem a compartilhar conhecimento – é uma demonstração também de serviço cristão…

27. psicologiadareligiao - novembro 1, 2007

Olá, André,
Obrigada por deixar sua apreciação. Será muito bom ter a sua contribuição, sim, pois como vc já deve ter percebido, continuo apostando na construção em comum… e desejando que entremos, de fato, num processo de “fazer multidão”.
Um abraço.

28. Osvaldo Luiz Ribeiro - novembro 7, 2007

Olá, Mary
Passo aqui para registrar as excelentes primeiras impressões que tive, suas, ontem, em nosso encontro na Faculdade Batista. Coinheci-te através, primeiro, de sua apresentação amigável, ainda na ante-sala da banca, e, depois, por meio de suas observações inteligentes e conciliadoras. Bem pesadas em sua expressão, mas cuidadosas. Muito interessante. Depois, seu convite para o café, com seu marido e o Roque. Muito bom o queijo, e lamento se acabei com ele – adoro quieijos bons, e como-os tão pouco! Não podia perder a chance… Depois, seu blog. Estou pesquisando ciências cognitivas, a que cheguei por meio da transdisciplinaridade e do pensamento complexo, agora, que decidi a escrever mais seriamente sobre Hermenêutica, sob um novo enfoque – a pragmática (nada a ver com o pragmiatismo). Penso que teremos bons papos a trocar aqui. Bom dia aquele cinco de novembo, ainda tão perto, mas já cheio de saudades.
Um abraço,
Osvaldo Luiz Ribeiro

29. psicologiadareligiao - novembro 7, 2007

Oi, Osvaldo,
Bom receber sua visita aqui também.
“Bem pesadas” – nos elogios ao seu trabalho, não? Um trabalho de excelente qualidade, vc sabe. Creio que esse caminho que vc escolhe para trilhar na hermenêutica é bem profícuo e possibilita o diálogo transdisciplinar. Também creio que teremos boas trocas…
Um abraço,
Mary

30. Osvaldo Luiz Ribeiro - novembro 7, 2007

Pesadas, Mary, no sentido de bem calculadas, “sopesadas”, medidas, e não no sentido de “contundentes”, “fortes” etc, muito pelo contrário. Palavras refletidas, cheias, encarnadas, mas adocicadas com o perfume da sutileza…
Um abraço,
Osvaldo.

31. Cristiane Schnack - novembro 12, 2007

Mary, querida…saudades tuas. or, should it be: I miss you? Feel like we’re closer now…loved your blog. Interesting thoughts, nice invitations for discussion and thinking. I love this, as you know.
Best, Mary.

32. psicologiadareligiao - novembro 12, 2007

Dear Cris,
So nice to hear from you! I also miss you! Thanks for your visit and kind comments. Please come back every time you want! It will be very nice to have your contribution here!
Best wishes for you too,
Mary

33. Maérlio Machado - novembro 19, 2007

Gostaria de um comentário sobre o Livro “O dossel sagrado” de Peter Berger, em relação a religião.

**************
Oi, Maérlio,
Já deu uma olhada nesses endereços?
http://www.empaz.org/dudu/du_art_berger1.htm
http://www.espacoacademico.com.br/024/24ckawauche.htm
Talvez o ajude.

34. Gabi - dezembro 18, 2007

Querida Mary,
Vou aparecer sempre por aqui, amei! Enfim um espaço que nos faz pensar fora da “caixinha”. Outra hora te explico isso. rs…
Você é admirável mesmo.

Um beijinho

Oi, Gabi,

Muito bom receber sua visita! Apareça sempre! Vamos trocar idéias… será muito legal ter sua colaboração aqui!
Um abraço.

35. Simone Cristina Esperandio - fevereiro 16, 2008

ola, nao a conheço, mas, é bastante interessante, meu sobrenome é o mesmo que o seu, sera que temos algum parentesco? abraço Simone C Esperandio.

************

Oi, Simone,
Vou entrar em contato contigo por e-mail.
Um abraço

36. Osvaldo Luiz Ribeiro - fevereiro 22, 2008

Estive (novamente, por aqui…

********************
Olá, Osvaldo…
Também estive no seu site nos últimos dias. Na semana passada, acho.
Um grande abraço pra ti.

37. Andrea Tavares - maio 24, 2008

Boa tarde, Mary!
Sou Andrea, de joão Pessoa na Paraíba. Psicóloga clínica interessada em fazer mestrado em ciências das religiões – UFPB. Tenho como tema a importância de termos nos cursos de graduação em Psicologia a disciplina de Psicologia da Religião, devido a necessidade de uma prática profissional – embasada na ciência – verdadeiramente produtiva e acolhedora. Tenho visto que os profissionais só têm acesso (ou procuram ter acesso) às questões da religião enquanto ciência, depois que seus clientes (alunos, colegas, etc.) lhes apresentam das mais variadas formas: desistirem do processo clínico pela divergência ciênciaXreligião, patologias relacionadas com suas crenças religiosas, etc.
Bem, como vi em sua apresentação, você é professora da disciplina Psic. da Religião. Num curso de Teologia ou de Psicologia? Uma das etapas de meu trabalho é identificar quais instituições no país oferecem essa disciplina na graduação de Psicologia, então, se você puder me ajudar enviando as informações que tiver sobre isso… Agradeço desde já!!! Mesmo, pois foi através de seu Blog que mantive contato com o Profº Geraldo Paiva, USP.

Abraços, Andrea

38. psicologiadareligiao - maio 26, 2008

Olá, Andrea,
Desculpe responder só agora. Estava longe do PC nesses dias de feriadão.
Fiquei muito feliz em saber sobre o tema de seu trabalho de Mestrado. Há tempos vinha percebendo a necessidade de um trabalho problematizando essa questão.
Nunca fiz uma pesquisa formal nos Cursos de Psicologia nas instituições brasileiras. Mas é forte minha suspeita de que são raros aqueles que possuem a disciplina “Psicologia da Religião” em sua grade curricular – mesmo como disciplina eletiva. Seria muito interessante – e relevante – ver os resultados formais de uma pesquisa dessa natureza.
Concordo contigo que muitos/as colegas nossos/as se vêem às voltas com o tema somente após experiências tais como as que vc relata.
Fiz o meu Curso de Psicologia na UNISINOS em São Leopoldo – RS – não tive essa cadeira na grade curricular (nem como disciplina optativa). Interessante que é mais comum vc ver essa cadeira sendo oferecida nos Cursos de Teologia.
Trabalho com essa disciplina na Faculdade Teológica Batista do Paraná, e com o conteúdo de Psicologia da Religião (mas sem essa nomenclatura) dentro da disciplina de “Cultura Religiosa” na Graduação em Psicologia na PUC (mas não há essa disciplina na grade curricular do curso).
No Próximo semestre, provavelmente, ofertaremos na PUC-PR, um curso de Especialização Lato Sensu, sobre a temática Psicologia e Religião (que vou coordenar).
Continue em contato e seja uma colaboradora do blog, enviando suas produções e informações sobre o seu tema de pesquisa. Será uma alegria acompanhar seu processo de estudo e pesquisa.
Um abraço grande,
Mary

39. Suellen - maio 27, 2008

Olá Professora… Só marcando presença e aproveitando pra dar os parabéns pelo blog. Há muito o que refletir sobre as coisas interessantes que vi por aqui e todo o contexto da Psicologia da Religião, que eu, particularmente, adoro! Até maisss…

40. psicologiadareligiao - maio 27, 2008

Suellen, querida, que alegria recebê-la aqui! Venha sempre!
Obrigada pelos elogios sobre o blog. Fico feliz que tenha gostado do conteúdo – que pode continuar sendo enriquecido com a participação de mais colaboradores/as interessados no tema. Que tal colocar o trabalho do grupo de vcs aqui no blog, o que acha?
Abração…

41. Luis Raul Faraci - julho 24, 2008

Prezada Dra Mery Esperandio:

Estou escrevindo para perguntar sobre o mestrado em Teologia que a PUC de Curitiba dispondrá o ano próximo, aonde entendo que a Professora vai participar como docente, etc.
Está confirmado o mesmo? Os requicitos para fazer parte do mesmo, você poderia me dizer?
Acredito que lembra de mi, sou Luis Faraci, foi seu aluno o ano passado na FTBP e a Dra. estive na banca da TCC.
Saudações
pr Luis Faraci

42. psicologiadareligiao - julho 24, 2008

Oi, Luis,

Claro que me lembro de ti, sim!
Em breve vou disponibilizar aqui, as notícias sobre o Mestrado em Teologia na PUC – PR, ok? Aguarde só mais alguns dias, por favor.
Um abraço,
Mary

43. Marco - agosto 10, 2008

OI Mary, Graça e Paz! sou estudante e faço o bacharelado em tologia na Igreja Cristo Vive. Estou com uma dúvida na questão da Psicologia da Religião e acho que a bençoada pode me ajudar. A pergunta é; Quais são os princípios da Psicologia da Behaviorista e qual é o seu objetivo ( após a II Guerra Mundial ) e a outra é fazer um resumo crítico desta matéria com no mínimo três laudos datilografado.

Marco.
Obrigada!

44. Silvana Martins de OLiveira. - agosto 23, 2008

Oi Mary gostei de sua iniciativa. Estou interessada em psicologia e religiao. N’ao se pode pensar o ser humano sem o espiritual. Deus [e tao real na experiencia humana mas muitos tentam neg[a-lo . abra;os

45. psicologiadareligiao - agosto 23, 2008

Seja benvinda, Silvana… sua colaboração é importante!
Um abraço,
Mary

46. Juares Celso Krum - agosto 27, 2008

Olá Mary, estou aproveitando o espaço no blog para dizer que:
Você conhece melhor do que ninguém o nosso pequeno grande mundo pessoal e existencial.
Sabe, mais profundamente o que somos: o que, como, por que – sentimos, pensamos, fazemos.
Parabéns pelo DIA DO(A) PSICÓLOGO(A) – 27-08-2008.

47. psicologiadareligiao - agosto 28, 2008

Muitissimo obrigada pela lembranca, Celso. Parabens para vc tb.
Abracos

48. diegoperdoado - agosto 29, 2008

Passando apenas para dizer que vou me tornar um visitante periódico desse Blog? é claro se a dona do mesmo assim o deixar…

Receba meu Carinho e Amor

nEle que é a expressão e a Encarnação do verdeiro AMOR

49. psicologiadareligiao - agosto 29, 2008

Seja muito bem-vindo, Diego. E seja nao apenas visitante, mas tambem colaborador.
Um abraco,
mary

50. Rebecca - setembro 24, 2008

Olá Mary!Meu nome é Rebecca e estou cursando o 6ºsemetre de psicologia achei legal esse blog, muitooo interessante e irá me ajudar bastante pois estou realizando um projeto referente a psicologia da religião, porém tenho tido dificuldade em encontrar artigos, periódicos e outros achados relacionados a este tema…são escassos os trabalhos, mas provavelmente (e assim espero..rs) q este blog poderá me dar uma luz…
beijinhos…espero manter sempre contato

51. psicologiadareligiao - setembro 24, 2008

Oi, Rebecca,
Que bom que o blog tem sido útil pra ti, embora esteja meio parado nos últimos tempos…
Apesar disto, tem sim, bastante material aqui. Aproveite o que puder e envie também suas contribuições.
Um grande abraço,
Mary

52. Rebecca - setembro 24, 2008

POsso fazer uma pergunta?
qual sua religião??
*******

Claro que pode!
Sou cristã, Rebecca.
Mary

53. Wesley Ribeiro - setembro 26, 2008

sou fã numero dois dessa psico… ae…
Abraço Mary…

um dia ainda vo faze psico pra poder conversar com vc mais, nao só sobre Tillich… riririri

54. psicologiadareligiao - setembro 26, 2008

Sabe que faz bem ao ego ter fãs, né?! Ainda mais quando sâo os alunos… Grata pelo carinho,
Abração pra ti,
Mary

55. Ezequiel Vieira - outubro 31, 2008

OLá, Mary, tudo bem?

Mudei o endereço de meu blogue. Agora tenho um domínio próprio. É claro que ainda falata fazer algumas mudanças de layout e mais algumas configurações. Mas mudei.

Poderia mudar o endereço do link para o meu blogue? – http://www.polimidia.blog.br

Obrigado e abraços

Ezequiel

56. psicologiadareligiao - outubro 31, 2008

Olá, Ez,
Claro que vou atualizar o link!
Um abração pra ti e tudo de bom!
Mary

57. Fabiano Pires Martins - novembro 10, 2008

Enfim passei aqui…parabéns e obrigado pelas aulas não só de conteúdo, mas aulas que nos ensinaram para uma vida. Parabéns e continue essa pessoa maravilhosa. Deus te abençõe.

58. psicologiadareligiao - novembro 10, 2008

Fabiano,
Muito obrigada pela visita e, sobretudo, pelo reconhecimento do meu esforço em relação às aulas. Valeu!
Um abraço,
Mary

59. Osvaldo Luiz Ribeiro - novembro 15, 2008

Saudade.

60. psicologiadareligiao - novembro 15, 2008

Oi, Osvaldo,
Saudade de ti também.
Um abraço,
Mary

61. Osvaldo Luiz Ribeiro - dezembro 6, 2008

Mary, mandei-te um e-mail, sobre o Peroratio, recebeste?
Osvaldo

62. Felipe Salles Xavier - fevereiro 16, 2009

Oie Mary,
Indiquei seu blog como blog massa
é um selo que funciona como “corrente do bem” vc é indicado e indica alguém, da uma olhada, abraço
http://psiqueobjetiva.wordpress.com/sobre-mim/selosawards/

psicologiadareligiao - fevereiro 17, 2009

Oi, Felipe,

Agradeço a indicação. O blog tem estado meio parado… mas espero que isso mude em breve. Vamos ver.
Um abraço,
Mary

63. Matheus Negri - março 5, 2009

Não posso acreditar, tu está estudando o pensamento de Negri, eu goste muito e estou começando a estudar com o Hilmar o livro Jó, estou pensando em me aprofundar no pensamento dele. Também ele é da familia hehehehe.

psicologiadareligiao - março 5, 2009

Beleza, Matheus. Estude o Negri, sim. Vale a pena! Vc vai gostar muito!
Um abraço,
Mary

64. Pr. Renato Melo - março 13, 2009

Olá Professora!
Sou Pastor Evangélico e Professor da Cadeira de Psicologia Pastoral e Aconselhamento Cristão No Seminário Teológico Batista do Leste da Mata MG; fiquei maravilhado com o conteúdo, e gostaria de manter contato para adquirir artigos, comentários e informações.

Parabéns! Fique com Deus.
Pr. Renato Melo (Ibatiba – ES)

65. psicologiadareligiao - março 13, 2009

Olá, Renato,

De fato, tem muitos bons artigos disponibilizados aqui no blog. Pra vc que trabalha com essa disciplina, sugiro o livro de Psicologia da Religião, do Antonio Ávila – listado na página de “Publicações”. Dê uma olhada nele. Com certeza será bem útil pra ti.
Um abraço,
Mary

66. Zenaide A. Silva - abril 23, 2009

Mary, boa noite querida
Aqui em joão Pessoa-Pb, abriu vaga para o Mestado e Doutorado em Ciências das Religiões e faz bastante tempo que terminei a Graduação em Psicologia Clínica Hospialar e nunca exerci a função(filhos…). Agora, estou com tempo e pretendo fazer o Mestrado, mas me sinto muito enferrujada, e sem idéias sobre o Projeto. Teria que ser algo ligado à Psicologia e Ciências, Saúde, não é? . Você que está na ativa(e bota ativa nisso) gostaria de lhe pedir uma ajudinha, sobre possíveis assuntos. E a Resiliência, a Psicologia Positiva? Vocêpoderá me ajudar? Um beijo querida, e que Deus a abençõe.

psicologiadareligiao - abril 23, 2009

Olá, Zenaide,

Todos os temas que vc citou são interessantes e passíveis de pesquisa, sim. Um tema que tenho achado bem interessante e que estou começando a escrever um projeto de pesquisa para desenvolver a partir de agosto é sobre “coping religioso”. Tem pouca pesquisa nessa área e se trata de um tema relevante, com um campo bem vasto de investigação. O projeto que vou desenvolver é sobre coping religioso em pacientes renais crônicos (uma outra professora vai pesquisar a ideação suicida entre essa mesma população).
Com certeza vc poderá fazer um bom trabalho – a “ferrugem” logo desaparece à medida que vc se apaixona por uma temática a ser pesquisada.
Sucesso pra ti!
Um abraço,
Mary

67. Leonardo Pereira Correia - julho 3, 2009

Prezada Mary,

Como está?

Sou estudante de Psicologia aqui da cidade de SP e fui informado da existência do site, por intermédio do parecerista do meu TCC cujo tema aborda a Religiosidade e a Cura espiritual. Ele me sugeriu inclusive a comparecer ao evento que ocorrerá no início de julho, mas pela distância e pelo $$$ não será possível ir. Mas fico feliz de ter um espaço para um tema tão importante e tão pouco abordado, tanto pelos estudiosos das áreas humanas, como também das pessoas em si, que parecem ter perdido um pouco o vínculo com o sagrado, sem relacioná-lo a outros fatores (dinheiro, poder, política, etc.)
Gostaria de saber se o espaço pode ser utilizado para “troca de figurinhas” como dicas de livros, artigos, eventos, etc.?

Obrigado desde já por sua atenção,

Leonardo Correia

psicologiadareligiao - julho 3, 2009

Claro que que pode, Leonardo. Toda contribuição é muito bem-vinda! Vc pode enviar pra mim e eu coloco aqui no site com o seu nome como autor do post, ok? Mais tarde será disponiblizado aqui no site, os resumos das apresentações de trabalho do I Seminário sobre Subjetivação Contemporânea e Religiosidade.
Um abraço, Mary

68. Matheus Negri - agosto 19, 2009

“Deus, a ti clamo de manhã bem cedo.
Ajuda-me a orar e concentrar meus pensamentos
Pois não consigo fazer isso sozinho.
Dentro de mim está escuro, mas em ti há luz.
Eu estou só, mas tu não me abandonas.
Eu estou desanimado, mas em ti há auxílio.
Eu estou inquieto, mas em ti há paz.
Em mim há amargura, mas em ti há paciência.
Não entendo os teus caminhos,
mas tu conheces o caminho certo para mim”.

“Oração da manhã”
DIETRICH BONHOEFFER

69. Neir - setembro 9, 2009

Olá, Prof. Mary
Parabéns pelo blog. Ele está excelente. Estou adicionando na seção PARCEIROS do meu site. Deus te abençoe ricamente. Abç.

70. jaqueline duraes - setembro 21, 2009

Bom dia Mary,
quero saber como faço para ser seguidora do seu blog.

psicologiadareligiao - setembro 21, 2009

Oi, Jaque,

Como vc pode perceber, o blog tem estado parado. Assim, é só explorar o material que já está postado aqui… É bastante!
Um abraço,
Mary

71. Zeni Angeli Carvalho - setembro 22, 2009

Bom dia, gostaria tbém de receber artigos de vc, gostei de navegar em seu blog, com certeza sou mais um internauta vizitante, desejo muito sucesso pra vc.

72. Ive Cristina de Andrade - setembro 30, 2009

Bom dia Mary,
Sou estudante de jornalismo e estou fazendo um documentário no meu trabalho de conclusão de curso sobre a religiosidade e a questão da fé na sociedade. Estou procurando alguém que possa falar conosco justamente sobre a psicologia da religão… O problema é que estou em São Paulo.
Mas gostaria de fazer contato com você, para conversarmos e ver se você teria alguém para nos indicar na cidade… Enfim, segue meu email junto com essa mensagem!

Abs,
Ive C. de Andrade

psicologiadareligiao - setembro 30, 2009

Oi, Ive,

Podemos conversar, sim.
Abs,
Mary

73. Vandinha - dezembro 10, 2009

Oi Tia, sou eu Vandinha, estava procurando assuntos sobre “cuidados com o ser” para um estudo da Igreja e o que encontrei ???!! Seu blog que alegria fiquei muito feliz de revela, bjs mil sds.
Parabéns!!!
Vandinha

psicologiadareligiao - dezembro 10, 2009

Oi, Vandinha! Que surpresa legal! Espero que vc tenha encontrado algo próximo ao que vc procurava. Mando por e-mail pra ti, um texto de uma página apenas, com uma lista de pontos a discutir em grupo sobre “o cuidado de si para o cuidado com o outro”, ok? Um abraço,
Mary

74. Carmen Lucia Silva de OLiveira - abril 21, 2010

Olá, Mary
Estou encantada com o Blog , parabéns, sou estudante de psicologia e nasci e me criei dentro de uma casa de religião de matriz africana. No ano passado integrei GT Aids e Religião na Secretaria de Saúde do estado do RS, Preciso integrar o tema AIDS , RELIGIÃO E PSICOLOGIA, se poder me enviar sugestão de artigos fico grata,
Obrigada
Carmen Oliveira

psicologiadareligiao - abril 21, 2010

Oi, Carmen,
Muito interessante e relevante o tema do seu GT. Sobre isso, os únicos trabalhos que conheço – no Brasil – são os de SEIDL e FARIA, e SEIDL, ZANNON e TRÓCCOLI. Vc pode encontrar esses trabalhos disponíveis na web em: http://www.scielo.br/pdf/pe/v11n1/v11n1a18.pdf ; http://www.scielo.br/pdf//prc/v18n2/27469.pdf Em inglês há muita coisa, especialmente acessíveis pela base de dados da CAPES.
Um abraço e bom trabalho,
Mary

75. luciana thays - maio 16, 2010

olá mary, lembra de mim? sou a thays, de ijui, estive em tratamento psicologico num periodo de quatro anos mas nao tive melhora. sabe porque? por que nao existe algo melhor do que as tuas palavras. muitas vezes pensei em suicidio e quando acontecia isso eu sonhava com voce, pedindo para mim não desistir; foi então que decidi voltar para a igreja, com a presença de deus na miha vida tive melhora, hoje sou feliz, hoje a igreja e a musica preenchem a minha vida, tambem toco teclado, essa é a minha terapia atual. abraço!

psicologiadareligiao - maio 16, 2010

Querida Thays,
Que grata surpresa encontrar vc! Suas palavras me deixaram emocionada, sobretudo por ouvir que vc tem optado pela vida – mas não uma vida qualquer, mas sim, uma vida que parece ser cheia de sentido pra ti! É isso que conta! Tenho certeza que sua experiência deve inspirar outros ao seu redor! Fico muito feliz em saber que vc tem buscado crescimento espiritual e que isso a tem tornado uma pessoa ainda melhor. Estou em Curitiba, atualmente. Muito legal restabelecer esse contato iniciado há tantos anos atrás! Mande mais notícias! Um abraço grande, cheio de carinho,
Mary

76. Elídia - julho 25, 2010

Agradável e singular, seu blog, dra. Peço permissão para “linkar” no meu espaço. Sou graduanda em Psicologia pela Unisinos- RS e encontro mts deficiencias no tema em blogs de cunho cristão. Obrigada pela atenção.
Elídia

psicologiadareligiao - julho 26, 2010

Olá, Elídia,

Que legal saber que vc faz Psicologia na Unisinos! Eu também fiz psicologia nessa excelente universidade e tenho saudade de muitos professores que fizeram grande diferença em minha vida. Concordo contigo sobre as deficiências no trato de temas de cunho cristão e lamento também a negligência da Psicologia com relação à temática da religiosidade/espiritualidade.
Claro que vc pode fazer o link para seu blog, apesar de que este aqui tem estado um tanto parado. Queremos reativá-lo através do nosso Grupo de Pesquisa em Religiosidade e Processos de Subjetivação.
Um abraço,
Mary

77. RICARDO SANTANA - novembro 27, 2010

olá mary! fiquei encantado com seu blog, confesso q até mesmo sem palavras para expressar-me tamanha felicidade,mas vamos lá.sou aluno de ciência da religião do 2ºp da unimontes-mg! fazer psicologia era um sonho que aos poucos foi sumido por vários motivos, mas posso te garantir que não querer mas fazer não foi um dos motivos,muito pelo contrario a vontade é a mesma de sempre.como sempre fui apaixonado por psicologia e religião, então resolvir fazer ciências da religião e se deus achar q sou merecedor penso em fazer uma pós,mestrada,doutorado e quem sab pós-doutorado. sei que o caminho é longo,e as dificuldade são muitas, mas como um homem q sonha e luta pelos seus sonhos e objetivos, eu vou a lutar. e esse seu blog veio para me ajudar em todos os sentidos, pois sei que dele posso tirar grandes ensianmentos. meu desejo é de começar uma pós antes mesmo de concluir o curso, mas não sei se irei conseguir, pois isso requer um invertimento, e tambem a facudade aqui não aceitar que o aluno faça uma pós sem ter concluido o curso, pelo menos de religião,em outros curso pode. tem duas ex alunas que se formaram ja com o mestrado em ciências da religião pela puc, não sei bem,mas acho que foi uma bolsa q elas ganharam devido um artigo que foi publicado pela puc, e isso fes com q elas fossem convidadas para fazer um mestrado.resumindo, elas irão da aula na primeira pós aqui da unimontes.quem sabe não consigo o mesmo(risos).gostaria muito de dicas de livros voltad para ciências da religião, pois se penso em me especializar na area, e legal eu t material sobre o tema.se vc puder me ajudar, eu ficarei muito grato. quero q saiba que vc ganhou um fâ nº 1, se eu puder ajudar no seu blog pode contar comigo sempre. um forte abraço e espero suas dicas

78. Zenaide Melo - maio 1, 2011

Olá Mary
Parabéne pela materia sobre Psicologia da Religião da qual gostei muito.Obrigada!
Estou terminado meu curso de Psicologia e já comecei a trabalhar no TCC,com o tema:A RELIGÃO no PSICOLOGO.Gostatia de saber se você tem algum material disponível que possa me ajudar.Desde já fico lhe muito agradecida.
Irmã Zenaide Melo (Filha de NªSªda Misericórdia)
Bjs!

79. Telma - maio 31, 2011

Muito bom seu espaço, realmente eu pretendo pegar um cafezinho e voltar muitas vezes para ler com calma. Parabéns!!

psicologiadareligiao - maio 31, 2011

Oi, Telma,

Seja bem-vinda! Apesar do blog estar meio parado já tem bastante material disponível.
Um abraço,
Mary

80. marcia - setembro 27, 2011

Oi Mary,tudo bem!
Tenho um trabalho para fazer sobre: homossexualidade nas comunidades religiosas cristãs, você pode me dar uma dica de livro, textos…para ler?

Obrigado!

psicologiadareligiao - setembro 27, 2011

Oi, Márcia,
Aqui no site tem material sobre esse tema. Dê uma procurada.
Um abraço,
Mary

81. marileia - outubro 19, 2011

é realmente muito engraçado como vimos pessoas com tanta dificuldade em tal tema. mas não é de se esperar por menos, pois infelizmente as faculdades, tem colocado sei lá em qual dimensao essa palavra Religião. parecem que tem verdadeiro horror a isso. eu descobri a psicologia da religião por um acaso. acredito até ser um milagre, pois tinha muito interesse mas nao sabia que existia qualquer coisa parecida. a faculdade coloca a religiao como ópio do povo, sem dar importância a tantas coisas maravilhosas e tantas pessoas que tem sido transformadas atraves da sua essencia. gostaria muito tambem de saber de voce, o que eu poderia fazer assim que eu me formar, gostaria de fazer uma pós nesta área ou mesmo mestrado. pois tenho muito interesse e facilidade pelo tema. escrevi um artigo no terceiro periodo sem ter praticamente nenhum apoio na faculdade. quebrei a cabeça mas consegui fazer. por ser o primeiro sei que tem muitas falhas, mas gostaria de mostrá-la e saber o que acha.
grande abraço.
Mariléia

82. Fernando Batista de Campos - janeiro 20, 2012

Olá professora, muito bom o blog…ótimas proposta…abraço.

83. Fernando Batista de Campos - janeiro 20, 2012

olá professora, ótimo blog,ótima leitura, parabéns e até breve…

psicologiadareligiao - janeiro 20, 2012

Obrigada, Fernando. Espero que seja útil pra vc!
Um abraço.

84. Alessandra polo - março 8, 2012

Tb…dando uma olhada,conhecendo, gosto muito de trabalhar com jovens, faço teologia, a questão da dependencia quimica é uma preocupante para mim, e confesso, que não sei como agir, quando me deparo com uma situação desta.

psicologiadareligiao - junho 1, 2013

É uma situação preocupante, sim, Alessandra. O Grupo de mútua ajuda N.A – Narcóticos Anônimos, tem ajudado muitas pessoas no processo de recuperação da dependência química. Procurando com cuidado vc encontra algumas boas Comunidades Terapêuticas.

85. Alline Furtado - abril 20, 2012

Olá,
Que legal encontar você aqui e olha que eu andei procurando alguém na net para conversar sobre esse assunto. Que surpresa feliz! Vamos conversar, tenho certeza que vou aprender muito com você. Espero que receba meu e-mail.
Grata,

Alline Furtado

psicologiadareligiao - junho 1, 2013

Aline, recebi seu email, sim. Mas não havia nada escrito no corpo da mensagem. Apenas o anexo. Por causa disso, evitei abri-lo. Grata pela mensagem.Um abraço!

86. Vanildo - setembro 4, 2013

Olá. Mary! Bom conhecer esse espaço. Sou padre e estou terminando meu mestrado em psicologia clínica com o tema “imaginário coletivo sobre o cuidado religioso na igreja católica”. Você aceita convites para participar em bancas de defesa? Abraços e parabéns pelo blog!

psicologiadareligiao - setembro 4, 2013

Que tema bacana, Vanildo!
Tenho um aluno que é pastor pentecostal e está pesquisando a noção de cuidado na Igreja Pentecostal. Aceito a participação em sua banca, sim, com alegria, pois gosto muito do tema. Só temos de ver as datas.
Um abraço e parabéns pelo trabalho!

87. Vanildo - setembro 4, 2013

Mary, que legal!
Vou conversar na faculdade a respeito e entro em contato com você posteriormente. Poderia me enviar, por aqui ou por email, seu endereço eletrônico? Abraços


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: